www.rjscie.com

Segurança Contra Incêndios em Edifícios
 
PortalPortal  InícioInício  FAQFAQ  BuscarBuscar  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-se  

Compartilhe | 
 

 Cálculo do efectivo em Lares de Idosos.

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
LauracatSantos



Mensagens : 1
Pontos : 3
Reputação : 0
Data de inscrição : 19/11/2011

MensagemAssunto: Cálculo do efectivo em Lares de Idosos.   Ter Mar 27, 2012 5:04 pm

Boa tarde a todos.

Hoje decidi colocar uma duvida ao fórum porque em conversa com técnicos com bastante experiência no assunto descobri que o tema não é consensual.

No cálculo do efectivo considera o RT-SCIE que se devem somar os efectivos parciais dos vários espaços.

A titulo de exemplo um Lar de Idosos/ Centro de dia para receber 20 utentes em regime de permanência e 20 utentes em regime de centro de dia como calcular o efectivo?

Se seguirmos a portaria, e seguindo a situação mais gravosa (todos seriam acamados) temos um efectivo de 64 correspondente aos quartos e deve ser acrescido do efectivo correspondente às salas de convívio que seria de por exemplo de 115 (1pessoa/m2) e ainda o efectivo da sala de refeições 85 (1pessoa/m2), logo sem contar com os outros locais de risco, teremos um efectivo em locais de risco D de 264.

Mesmo sem contar com o facto de todos serem acamados não será impossível os utentes estarem em todos os lados em simultâneo?

Nestas situações e sabendo as capacidades reais do edifício não seria mais correcto ajustar o efectivo à realidade?


Aguardo respostas.


Obrigado

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
bmf

avatar

Mensagens : 23
Pontos : 33
Reputação : 0
Data de inscrição : 16/02/2012
Idade : 34

MensagemAssunto: Re: Cálculo do efectivo em Lares de Idosos.   Ter Mar 27, 2012 9:05 pm

Relativamente à questão que coloca, parece-me excessivo o efectivo que está a considerar.
O que tenho feito com os lares de idosos ou unidades de cuidados continuados é determinar o efetivo de pessoas em camas (multiplicado por 3,2) e o efetivo em gabinetes, enfermarias e lugares similares.

As salas de convívio e refeitórios considero como ocupação simultânea caso estes espaços sejam exclusivos aos utentes internos.
As pessoas quando estão na sala de convívio ou no refeitório não estão nos quartos e vice-versa.

No seu caso somaria as 64 pessoas aos 20 em regime de centro de dia (não considerando estes 20 como acamados pois possivelmente teriam de ter o dobro dos quartos). Aferia também o efetivo de funcionários e comparava com o efetivo dado por gabinetes , enfermarias, posto médico, etc. Na minha opinião acho que deve haver bom senso na determinação do efetivo neste tipo de edifícios e não colocar as salas cheias de gente quando na realidade não se verifica esta situação.

Deverá no entanto aferir sempre o efetivo de cada espaço e no caso dos locais de risco D multiplicar por 1,3 para dimensionamento do número de saídas e largura das vias.

Espero ter ajudado.
Abraço



Última edição por bmf em Ter Mar 27, 2012 10:13 pm, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Pedro Barradas

avatar

Mensagens : 340
Pontos : 385
Reputação : 15
Data de inscrição : 16/04/2010
Localização : ALENTEJO

MensagemAssunto: Re: Cálculo do efectivo em Lares de Idosos.   Ter Mar 27, 2012 9:06 pm

eu faço assim:
PARA CALCULO DO EFECTIVO EM LOCAIS DE RISCO D
- considere o efectivo das camas dos quartos e multiplique por 3.2 (apenas os lugares/ camas destinados a acamados)
-Na sala de estar principal ( não conte com as salas dos modulos de quartos), esta é comum, ou não à valência de lar?!
se for, aplica o coeficiente 0.5, dará x.
Na sala de refeições, coefciente 1, dará x

A esses dois locais tem de descontar o efectivo que deu nos quartos... já que não estarão presentes no edificio em simultâneo Smile

.... veja que total lhe dá, se serve , sem penalizar
acamados, é só os quartos dos ACAMADOS..Não tem de colocar todos os quartos como tendo acamados... mas é um assunto a discutir com a entidade que vai explorar o edificio.

Habitualmente afecta-se alguns quartos para acamados e não todos... se for uma UCC, já será diferente. Aí teremos de prever normalmente 100% de acamados.
Espero ter ajudado.

EDIT:
BMF. o coeficiente de 1.3, é apenas a majoração para calculo/ dimensionamento das vias e saidas. Não é utilizado para calculo do efectivo.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://aguamestra.googlepages.com/
bmf

avatar

Mensagens : 23
Pontos : 33
Reputação : 0
Data de inscrição : 16/02/2012
Idade : 34

MensagemAssunto: Re: Cálculo do efectivo em Lares de Idosos.   Ter Mar 27, 2012 9:11 pm

EDIT:
BMF. o coeficiente de 1.3, é apenas a majoração para calculo/ dimensionamento das vias e saidas. Não é utilizado para calculo do efectivo.[/quote]

Concordo Pedro, foi o que indiquei: "Deverá no entanto aferir sempre o efetivo de cada espaço e no caso dos locais de risco D multiplicar por 1,3 para dimensionamento do número de saídas e largura das vias."

Posso acrescentar ainda que normalmente calculo o número de efetivo para cada espaço e indico quais os que considero como de ocupação simultânea. À soma dos efetivos totais de todos os espaços subtraiu os de ocupação simultânea, e obtenho o efetivo do edifício.

Espero ter ajudado.
Abraço
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
shok



Mensagens : 43
Pontos : 51
Reputação : 0
Data de inscrição : 16/10/2011
Idade : 36
Localização : Macedo de cavaleiros

MensagemAssunto: Re: Cálculo do efectivo em Lares de Idosos.   Ter Mar 27, 2012 10:05 pm

O que me foi explicado na formação foi o que o Pedro barradas explicou, 3,2 para cada quarto e sempre arredondado para cima.

Os ocupantes só se contam num dos locais ou nos quartos ou nos alocais de convívio.

Existem é varios tipos de efectivo:

Efectivo total
Efectivo publico
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Pedro Barradas

avatar

Mensagens : 340
Pontos : 385
Reputação : 15
Data de inscrição : 16/04/2010
Localização : ALENTEJO

MensagemAssunto: Re: Cálculo do efectivo em Lares de Idosos.   Ter Mar 27, 2012 10:16 pm

Entendi o que o bmf quis transmitir e concordo. Vai de encontro com o que escrevi.

Temos efectivo em locais de risco D e efectivo Total. Normalmente UT V, não recebe público... Wink


Última edição por Pedro Barradas em Ter Mar 27, 2012 10:36 pm, editado 2 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://aguamestra.googlepages.com/
shok



Mensagens : 43
Pontos : 51
Reputação : 0
Data de inscrição : 16/10/2011
Idade : 36
Localização : Macedo de cavaleiros

MensagemAssunto: Re: Cálculo do efectivo em Lares de Idosos.   Ter Mar 27, 2012 10:23 pm

tem razão pedro.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Cálculo do efectivo em Lares de Idosos.   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Cálculo do efectivo em Lares de Idosos.
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» ABRIGO PARA IRMÃOS IDOSOS DESAMPARADOS.
» IDOSOS-INTERNAÇÃO EM ASILOS
» A Paz de Deus e a Graça de Jesus Cristo esteja em Todos os lares.
» FUNERAL PARA IRMÃO ASSASSINADO - CONSIDERAÇÕES
» Com o Que se Parece Uma Reunião da Igreja Sob a Direção Direta de Cristo Hoje em Dia?

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
www.rjscie.com :: Fichas, Projectos e Planos :: Projectos de Segurança Contra Incêndios-
Ir para: